As mentiras do Apocalipse Protestante! 

A Marca da Besta.

A Marca da Besta.

Uma das maiores dificuldades entre os protestantes na interpretação do Apocalipse, está no mau entendimento sobre a (Marca da Besta). Uma marca na mão direita e outra na fronte, sendo assim, alguns lunáticos principalmente os adventistas, judaizantes, TJs e algumas ramificações do protestantismo pentecostal e tradicional, inventam um monte de maluquices sobre a tal (MARCA DA BESTA). A maior maluquice que eles inventaram foi o tal (CHIP) que seria implantado na mão direita e na testa das pessoas.

Meus irmãos Católicos, isso é só mais uma maluquice desses esquizofrênicos, pois não eram apenas os adoradores da Besta que seriam identificados com a tal marca, os Cristãos também eram identificados pelo sinal de Deus em sua fronte.

Nesse artigo eu vou mostrar como é fácil entender a tal (Marca da Besta).

Observem que tanto os Cristãos como os adoradores da Besta eram identificados com uma (Marca).

"3. Não danifiqueis a terra, nem o mar, nem as árvores, até que tenhamos assinalado os servos de nosso Deus em suas frontes" (Apocalipse capítulo 7)  

"15. Foi-lhe dado, também, comunicar espírito à imagem da Fera, de modo que essa imagem se pusesse a falar e fizesse com que fosse morto todo aquele que não se prostrasse diante dela. 16. Conseguiu que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, tivessem um sinal na mão direita e na fronte" (Apocalipse capítulo 13)

Vamos identificar qual era o sinal na fronte dos Cristãos:

"3. Então a glória do Deus de Israel se elevou de cima do querubim, onde repousava, até a soleira do templo. Chamou o Senhor o homem vestido de linho, que trazia à cintura os instrumentos de escriba, 4. e lhe disse: Percorre a cidade, o centro de Jerusalém, e marca com uma cruz na fronte os que gemem e suspiram devido a tantas abominações que na cidade se cometem" (Ezequiel capítulo 9)

Segundo o profeta Ezequiel, os Cristãos seriam identificados pelo sinal de uma (Cruz) em sua fronte, ou seja, esse é o sinal da Cruz que se faz até hoje na Igreja Católica, sendo assim, desde o primeiro século, os Cristãos se cumprimentavam e eram reconhecidos fazendo o sinal da Cruz.

(Em nome do Pai, Filho e Espírito Santo em sua fronte)

Agora fica a pergunta:

Qual era o sinal e a marca de identificação daqueles que adoravam a BESTA (Império Romano)?

São João diz que esse sinal era o numero de um homem (666).

"18. Eis aqui a sabedoria! Quem tiver inteligência, calcule o número da Fera, porque é número de um homem, e esse número é seiscentos e sessenta e seis" (Apocalipse capítulo 13)

Qualquer pessoa com seriedade sabe que o (666) se trata do nome de um Imperador Romano chamado CEZAR NERON (Escrito em Grego).

 

Sabendo que a Besta era o Império Romano e o numero da Besta que era o nome de um homem e esse homem era um Imperador, logicamente que a marca da Besta só poderia vir do Império Romano.

Agora eu pergunto:

Se os Cristãos eram identificados com o sinal da Cruz feito em sua fronte, qual era a forma de identificação no Império Romano? A resposta é simples:

(AVE CEZAR)

Essa era a forma de identificação dentro do Império Romano e aqueles que seguiam e aceitavam as suas ideologias.

Ao dizer: (AVE CEZAR), se levantava a mão direita em direção a fronte da outra pessoa.

Esse era a marca da Besta na mão direita e na fronte. (Tudo bem simples)

Não podemos deixa de relatar uma importância; São João afirma que o anticristo já estava no mundo, naquele momento.

"3. todo espírito que não proclama Jesus esse não é de Deus, mas é o espírito do Anticristo de cuja vinda tendes ouvido, e já está agora no mundo" (I João capítulo 4)

O sinal da Besta nasceu com o Império Romano, agido pelo espírito do anticristo e se tornou sinal e marca para vários anticristos que vieram posteriormente, como Hitler e Mussolini.

Uma particularidade interessante sobre a tal (Marca da Besta), é referente ao fato de ninguém poder comprar e vender se não possuísse essa (MARCA). Na verdade, São João não usa apenas o termo (MARCA) e sim o termo (SINAL)

“16. Conseguiu que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, tivessem um sinal na mão direita e na fronte, 17. e que ninguém pudesse comprar ou vender, se não fosse marcado com o nome da Fera, ou o número do seu nome” (Apocalipse capítulo 13)

Qual o significado de tudo isso?

Meus irmãos Católicos, o Apocalipse é um livro com muitas figurações, infelizmente não podemos levar essa (MARCA) no sentido totalmente literal, já que essa (MARCA) vem de um (SINAL), ou seja, um (SINAL) feito com a mão direita em direção à fronte. Por esse motivo, já podemos entender que a tal (MARCA) não era uma incisão no corpo humano e sim uma forma espiritual de se referir àqueles que seguiam as ideologia do Império Romano, sendo assim, aqueles que aceitavam ou faziam o sinal (AVE CEZAR) estavam marcados com o nome da (BESTA). Podemos observar São Paulo dizendo que tinha as (MARCAS) de (JESUS) em seu corpo, porém, ele dizia isso em um sentido espiritual e não com incisões em seu corpo.

“17. De ora em diante ninguém me moleste, porque trago em meu corpo as marcas de Jesus (Gálatas capítulo 6)

Com certeza tal (MARCA) não eram incisões no corpo de São Paulo.     

Mas por que será que ninguém podia comprar e vender se não aceitasse a (MARCA) da besta? Creio que o próprio Evangelho responda isso.

Observem esse texto:

“17. Dize-nos, pois, o que te parece: É permitido ou não pagar o imposto a César?
18. Jesus, percebendo a sua malícia, respondeu: Por que me tentais, hipócritas? 19. Mostrai-me a moeda com que se paga o imposto! Apresentaram-lhe um denário. 20. Perguntou Jesus: De quem é esta imagem e esta inscrição? 21. De César, responderam-lhe. Disse-lhes então Jesus: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”
(Mateus capítulo 22)

Nesse maravilhoso texto do Evangelho de São Mateus, vemos Jesus Cristo dando uma aula teológica, o mais importante nesse texto é o fato de Jesus Cristo ter colocado (CEZAR) como oposto de (DEUS ); na época, (CEZAR) era proclamado (Augusto).

O significado desse nome (AUGUSTO) é: DEUS ENTRE OS HOMENS.

Praticamente em todas as moedas do Império Romano, estava a imagem do atual Imperador e as inscrições como:

Ave CEZAR.

CEZAR Augusto.

CEZAR NERON.

AUGUSTO DIVINO.

Observem as imagens:

Por esse motivo que São João dizia que ninguém poderia comprar e vender sem possuir a (MARCA) do (SINAL) da Besta.  

Para se realizar um comercio, era obrigado a usar as moedas do Império Romano, nessas moedas existia a imagem do Imperador (BESTA) e a inscrição com seu (SINAL) que era feito levantando a mão direita em direção a fronte.

Meus irmãos Católicos, o livro do Apocalipse não é difícil de entender, tendo conhecimentos Bíblicos e Históricos, conseguimos chegar ao total conhecimento de toda simbologia e figuração desse maravilhoso livro.

Pena que alguns lunáticos passam por cima de tudo isso.

E mais uma vez a mentira acaba.

Autor: Cris Macabeus.

Mateus 24  

34. Em verdade vos declaro: não passará esta geração antes que tudo isto aconteça.