As mentiras do Apocalipse Protestante! 

Nações, Povos e Línguas.

Nações, Povos e Línguas.

 

Muito bem meus irmãos Católicos.

Alguns hereges da desgraça protestante usam o fato de São João ter citado “Nações, Povos e Línguas” como mártires da grande tribulação contra a verdade do apocalipse onde diz claramente que a grande tribulação viria para cidade de Jerusalém e não para o globo terrestre inteiro, parece contradição, mas eu vou explicar:

Apocalipse 7

9. Depois disso, vi uma grande multidão que ninguém podia contar, de toda nação, tribo, povo e língua: conservavam-se em pé diante do trono e diante do Cordeiro, de vestes brancas e palmas na mão,

Apocalipse 11

9. Muitos dentre os povos, tribos, línguas e nações virão para vê-los por três dias e meio, e não permitirão que sejam sepultados.

Apocalipse 14

6. Vi, então, outro anjo que voava pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para anunciar aos habitantes da terra e a toda nação, tribo, língua e povo.

Apocalipse 17

15. O anjo me disse: As águas que viste, à beira das quais a Prostituta se assenta, são povos e multidões, nações e línguas.

Bem, se as tribulações seriam apenas para a cidade de Jerusalém e Judá, por que São João cita (Nações, Povos e Línguas)? Simples, entre as tribulações Jesus Cristo cita vários sinais para que todos soubessem o momento em que elas viriam, vamos relembrar quais eram esses sinais:

Lucas 21

9. Quando ouvirdes falar de guerras e de tumultos, não vos assusteis; porque é necessário que isso aconteça primeiro, mas não virá logo o fim.

11. Haverá grandes terremotos por várias partes, fomes e pestes, e aparecerão fenômenos espantosos no céu.

1º) Terremotos:

(Josefo narra: tremores de terra em Jerusalém, antes das tribulaçoes.)

2º) Fome:

(A bíblia narra: a Fome que sobreveio no reinado de Claudio.)

3º) Peste:

(Josefo também narra: a peste que sobreveio sobre Jerusalém junto das tribulaçoes.)         

4º) Rumores de guerra:

(Josefo narra: os rumores de guerra entre, os Zelotas contra os Romanos)

5º) Fenômenos nos céus:

(Josefo narra: sobre a estrela em forma de espada, que ficou um ano no céu)

 

Podemos observar nesses textos que Jesus Cristo profetiza uma serie de eventos como sinais para que todos tivessem a certeza de que as tribulações estavam ocorrendo, logicamente terminaria com seu marco central, que seria a destruição do templo e o sitio de Jerusalém, mas voltando ao assunto, nossos amigos hereges esqueceram que um desses sinais seria a perseguição Cristã no reinado de CEZAR NERO.

Lucas 21

12. Mas, antes de tudo isso, vos lançarão as mãos e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença dos reis e dos governadores, por causa de mim.
13. Isto vos acontecerá para que vos sirva de testemunho.
14. Gravai bem no vosso espírito de não preparar vossa defesa,
15. porque eu vos darei uma palavra cheia de sabedoria, à qual não poderão resistir nem contradizer os vossos adversários.
16. Sereis entregues até por vossos pais, vossos irmãos, vossos parentes e vossos amigos, e matarão muitos de vós.
17. Sereis odiados por todos por causa do meu nome.
18. Entretanto, não se perderá um só cabelo da vossa cabeça.
19. É pela vossa constância que alcançareis a vossa salvação.

Gostaria que os nossos amigos hereges deixassem de lado o vinho da desgraça protestante e trocasse pela eucaristia, assim teriam toda a sabedoria do mundo para entender que Jesus estava profetizando o reinado de CEZAR NERO, vejam que ele diz “Mas, antes de tudo isso”, esse (antes) significa que antes da destruição do templo ocorreria uma cruel perseguição Cristã, se nossos amigos hereges não sabem, no reinado de CEZAR NERO havia Cristãos em toda a Ásia, Grécia, norte da África, Roma e vários países da Europa como Espanha é só usar um pouco de sabedoria para entender que vários Cristãos morreram durante essa perseguição que aconteceu antes da destruição do templo, entre esses Cristãos que morreram alguns eram Hebreus e muitos eram Gentílicos de vários lugares do mundo, por isso que São João ao descrever esse período de perseguições e martírios contra os Cristãos cita; “Nações, Povos e Línguas” fato profetizado e cumprido com aquela geração antes da destruição do templo e durante a grande tribulação.

Para não ficar nenhuma dúvida colocarei fatos históricos de como aconteceu essa perseguição Cristã por parte do então imperador CEZAR NERO (666).

Documentário:

“Apesar de todos os esforços humanos, da liberalidade do imperador e dos sacrifícios oferecidos aos deuses, nada bastava para apartar as suspeitas nem para destruir a crença de que o fogo havia sido ordenado. Portanto para destruir esse rumor, Nero fez aparecer como culpados os cristãos, uma gente odiada por todos por suas abominações, e os castigou com mui refinada crueldade. Cristo a quem tomam o nome, foi executado por Pôncio Pilatos durante o reinado de Tibério. Detida por um instante essa superstição daninha pareceu de novo, não somente na Judéia, onde estava a raiz do mal, mas também em Roma, esse lugar onde se narra e encontram seguidores de todas as coisas atrozes e abomináveis que chegam desde todos os rincões do mundo. Portanto, primeiro foram presos os que confessaram (ser cristão), e baseada nas provas que eles deram foi condenada uma grande multidão, ainda que não os condenaram tanto pelo incêndio mas sim pelo seu ódio à raça humana”  

Fonte: (TÁCITO, Anais, 15:44).

“Além de matá-los (aos cristãos) fê-los servir de diversão ao público. Vestiu-os em peles de animais para que os cachorros os matassem a dentadas. Outros foram crucificados. E a outros acendei-lhes fogo ao cair da noite, para que a iluminassem. Nero fez que se abrissem seus jardins para esta exibição, e no circo ele mesmo ofereceu um espetáculo, pois se misturava com as multidões, disfarçado de condutor de carruagem, ou dava voltas em sua carruagem. Tudo isso fez com que despertasse a misericórdia do povo, mesmo contra essas pessoas que mereciam castigo exemplar, pois via-se que eles não eram destruídos para o bem público, mas para satisfazer a crueldade de uma pessoa”  

Fonte: (TÁCITO, Anais 15:44)

"Vemos que esse historiador pagão, sem mostrar simpatia alguma com pelos cristãos, dá a entender que o castigo era excessivo, ou ao menos que a perseguição teve lugar, não em prol da justiça, mas por capricho do imperador. Além disso, nestas linhas temos uma descrição, escrita por uma pessoa que não foi cristã, das torturas a que foram submetidos aqueles mártires."

O texto acima faz parte do livro, do conceituado historiador, Justo Gonzalez, “A Era dos Mártires”, pp. 52 – 57.

Bem meus irmãos, entender o apocalipse não é difícil se juntarmos as escrituras sagradas com as historias documentadas, assim chegamos a sua conclusão, pena mesmo que nossos amigos rebelados deixaram toda a verdade de lado para ficar enganando pessoas humildes com suas esquizofrenias, se os protestantes tinham ainda alguma dúvida sobre o porquê São João cita “Nações, Povos e Línguas” creio eu que lendo essa matéria não ficará mais nenhuma dúvida sobre esse assunto, São João só estava descrevendo o que Jesus Cristo mesmo Profetizou (durante a grande tribulação que viria sobre a cidade de Jerusalém, antes da destruição do templo os Cristãos de todos os lugares sofreriam uma Cruel perseguição) isso ocorreu por volta de 64 DC no reinado do imperador CEZAR NERO, essa perseguição Cristã teve uma retomada após destruição do templo com o oitavo Rei que era Dominiciano, mas isso será assunto para outro tópico.

É impressionante como tudo se cumpriu diretinho exatamente como Jesus Cristo profetizou. 

Terremotos antes das tribulações.

Fome no reinado de Claudio.

Peste durante o cerco de Jerusalém.

Fenômenos nos céus antes da destruição do templo.

A perseguição aos Cristãos durante o reinado de Nero.

Os rumores de guerras entre os Zelotas e o império Romano.

E toda a tribulação ocorreria com aquela geração apenas.

Pena que os hereges da desgraça protestante são obrigados a blasfemar contra Jesus Cristo, acreditando que ele era um mentiroso e que as tribulações não se cumpririam com aquela geração. Durma com um barulho desses!

E mais uma vez a mentira acaba.

Autor: Cris Macabeus.

Mateus 24  

34. Em verdade vos declaro: não passará esta geração antes que tudo isto aconteça. 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
11


Cai a farsa.

Pro Ecclesia.

Servos de Maria.

Apologistas Católicos.

Índice de Mentiras.

Quem sou eu.