As mentiras do Apocalipse Protestante! 

Os que não participaram da primeira ressurreição.

Os que não participaram da primeira ressurreição.

Bem meus irmãos, como já vimos nas duas primeiras matérias, o Reino Milenar de Jesus Cristo e seus Santos se iniciou no século I com a sua morte e ressurreição, o fim da religiosidade Judaica como predominância, o inicio da era da Igreja, a destruição do Templo depois das tribulações.

Também conseguimos entender que a primeira ressurreição se inicia a partir do seu Batismo, levando a sua vida em santidade e deixando o exílio do corpo como testemunha de Jesus Cristo, ou seja, ser fiel a Jesus Cristo até a sua morte se negá-lo por qualquer motivo.

 

Agora fica no ar uma pergunta, quem são aqueles que não tomaram posse da primeira ressurreição e terão que esperar o Reino Milenar?

Para entender essa questão, novamente teremos que levar em consideração:

 

  • O momento em que o livro foi escrito.
  • Em que situação ele foi escrito.
  • Para quem ele foi escrito.

 

Voltamos a lembrar que o Apocalipse foi escrito no século I, para aquela geração retratando e revelando situações que estavam ocorrendo e iriam ocorrer naquele momento.

Mateus 24:

34. Em verdade vos declaro: não passará esta geração antes que tudo isto aconteça.

Sabendo disso devemos entender que o Cristianismo nasceu naquele século, aconteceu e se desenvolveu com aquela geração, foi um momento de libertação, perseguição, glorias e martírios, o Cristianismo nasceu com:

 

  • Morte e Ressurreição de Jesus Cristo.
  • Batismo.
  • Reino dos Céus (Igreja militante).
  • Igreja peregrina na terra.
  • Pregação do Evangelho.
  • Arrependimento.
  • Conversão.

 

Entre outras questões menos expressivas, sendo assim, era uma época de mudanças, renovação onde tudo acontecia ao mesmo tempo, voltando ao assunto da primeira ressurreição, ela se inicia a partir do seu Batismo.

Romanos 6:

4. Fomos, pois, sepultados com ele na sua morte pelo batismo para que, como Cristo ressurgiu dos mortos pela glória do Pai, assim nós também vivamos uma vida nova.

Levando sua vida em santidade:

Romanos 6:

22. Mas agora, libertados do pecado e feitos servos de Deus, tendes por fruto a santidade; e o termo é a vida eterna.     

E deixando essa vida como testemunha de Jesus Cristo sem renegá-lo e sem negar o seu martírio se assim for preciso:

Mateus 10:

38. Quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim.
39. Aquele que tentar salvar a sua vida, perdê-la-á. Aquele que a perder, por minha causa, reencontrá-la-á.

Com essas três regras (Batismo, Santidade e morrer como testemunha de Jesus Cristo) entramos na vida eterna, revivemos depois de nossa morte para um Reino com Jesus Cristo em seu Reino Milenar.

Observem que São João se utiliza dessas três regras para revelar o Reino Milenar de Jesus Cristo e seus Santos.

Apocalipse 20:

4. Vi também tronos, sobre os quais se assentaram aqueles que receberam o poder de julgar: eram as almas dos que foram decapitados por causa do testemunho de Jesus e da palavra de Deus, e todos aqueles que não tinham adorado a Fera ou sua imagem, que não tinham recebido o seu sinal na fronte nem nas mãos. Eles viveram uma vida nova e reinaram com Cristo por mil anos.
5. (Os outros mortos não tornaram à vida até que se completassem os mil anos.) Esta é a primeira ressurreição.
6. Feliz e santo é aquele que toma parte na primeira ressurreição! Sobre eles a segunda morte não tem poder, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo: reinarão com ele durante os mil anos.

Nesse texto do apocalipse São João cita uma primeira ressurreição com um Reino onde os Santos Reinam com Jesus Cristo nos céus, porém como já vimos essa ressurreição espiritual nos céus é um “consequência” do que você fez desde o seu Batismo, se o leitor observar o verso (6) São João diz:

feliz e Santo é aquele que toma posse da primeira ressurreição”.

Como se toma posse dessa primeira ressurreição?

Romanos 6:

4. Fomos, pois, sepultados com ele na sua morte pelo batismo para que, como Cristo ressurgiu dos mortos pela glória do Pai, assim nós também vivamos uma vida nova.

Como conquistamos o Reino Milenar depois de tomar posse dessa primeira ressurreição? Simples; morrer em Santidade como testemunha de Jesus Cristo.

Apocalipse 20:

eram as almas dos que foram decapitados por causa do testemunho de Jesus e da palavra de Deus, e todos aqueles que não tinham adorado a Fera ou sua imagem  

Resumindo:

O Reino Milenar de Cristo se inicia a partir do se Batismo, levando a sua vida em santidade até a sua morte, e ao deixar essa vida terrena você tem como recompensa o seu trono do Reino dos Céus, reinando nesse Reino com Jesus Cristo você estará imune ao Juízo final e a segunda morte.

Agora fica a pergunta, quem são aqueles que não participaram da primeira ressurreição e terão que esperar o fim do Reino Milenar?

Como eu falei, era uma época onde o Cristianismo estava nascendo, ou seja, nem todos os Cristãos que morreram como testemunha de Jesus Cristo (Naquela época) havia sido Batizados, ou, nem todos aqueles que foram Batizados morreram como testemunha de Jesus Cristo, pois nem todos aceitaram o seu Martírio, na hora (H) negaram Jesus Cristo para não morrer (Na época eles preferiam adorar a Besta Império Romano).

Temos alguns exemplos na Bíblia Sagrada de pessoas que pregavam o Evangelho e não eram Batizados em nome de Jesus Cristo, ou seja, se eles morressem se o seu Batismo ele não teriam tomado a posse da primeira ressurreição.

Observem o exemplo dos 12 discípulos de Éfeso, eles pregavam o Evangelho e nem sabiam o que era o Batismo de Jesus Cristo.

Atos 19:

1. Enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo atravessou as províncias superiores e chegou a Éfeso, onde achou alguns discípulos e indagou deles:
2. Recebestes o Espírito Santo, quando abraçastes a fé? Responderam-lhe: Não, nem sequer ouvimos dizer que há um Espírito Santo!
3. Então em que batismo fostes batizados?, perguntou Paulo. Disseram: No batismo de João.
4. Paulo então replicou: João só dava um batismo de penitência, dizendo ao povo que cresse naquele que havia de vir depois dele, isto é, em Jesus.
5. Ouvindo isso, foram batizados em nome do Senhor Jesus.

Esses doze discípulo tiveram a graça de encontrar com São Paulo e serem Batizados por ele, porém eu pergunto, quantos outros discípulos morreram como testemunha de Jesus Cristo e nem sequer souberam o que era um verdadeiro Batismo?

Com toda a certeza eles não ficarão de fora da vida eterna e nem do Reino, mas não concluíram todas as Regras para receber seu trono nos céus, Reinar e ser imune ao Juízo, essas pessoas que morreram como testemunha de Jesus Cristo sem Batismo, terão que esperar o fim do Reino Milenar (Volta de Jesus Cristo) para tomar posse dessa ressurreição Batismal.

Creio que seja por esse motivo que em Corintos se fazia o tão conhecido “Batismo em favos dos mortos”.  

I Corintíos 15:

29. De outra maneira, que intentam aqueles que se batizam em favor dos mortos? Se os mortos realmente não ressuscitam, por que se batizam por eles?

Bem, sabendo que o Batismo é um ponto essencial para Reina com Jesus Cristo em seu Reino, devemos lembrar que não é apenas isso, devemos também testemunha Jesus Cristo até o fim, colocarei aqui novamente as palavras escritas por São João, nessas palavras ele diz:  

eram as almas dos que foram decapitados por causa do testemunho de Jesus e da palavra de Deus, e todos aqueles que não tinham adorado a Fera ou sua imagem, que não tinham recebido o seu sinal na fronte nem nas mãos

Além do Batismo você não pode ter negado a Jesus Cristo, volto a repetir, São João especificou no Apocalipse a situação em que ele vivia, com aquela geração, dando exemplos para gerações futuras, ou seja, se nós agirmos como os Cristãos do primeiro século, também receberemos o nosso trono no Reino Milenar de Jesus Cristo, porém não é fácil, Cristãos se vendem por dinheiro, por bens materiais, desejos carnais e para falar a verdade tem Cristão que vende Jesus até por uma barra de chocolate, sendo assim, naquela época não era diferente, quantos Cristãos Discípulos de São Paulo o abandonaram na hora (H).

II Timótio 4:

9. Procura vir ter comigo quanto antes.
10. Demas me abandonou, por amor das coisas do século presente, e se foi para Tessalônica. Crescente, para a Galácia; Tito, para a Dalmácia.
11. Só Lucas está comigo. Toma contigo Marcos e traze-o, porque me é bem útil para o ministério.
12. Tíquico enviei-o para Éfeso.
13. Quando vieres, traze contigo a capa que deixei em Trôade na casa de Carpo, e também os livros, principalmente os pergaminhos.
14. Alexandre, o ferreiro, me tratou muito mal. O Senhor há de lhe pagar pela sua conduta.
15. Tu também guarda-te dele, porque fez oposição cerrada à nossa pregação.
16. Em minha primeira defesa não houve quem me assistisse; todos me desampararam! (Que isto não seja imputado.)
17. Contudo, o Senhor me assistiu e me deu forças, para que, por meu intermédio, a boa mensagem fosse plenamente anunciada e chegasse aos ouvidos de todos os pagãos. E fui salvo das fauces do leão.
18. O Senhor me salvará de todo mal e me preservará para o seu Reino celestial. A ele a glória por toda a eternidade! Amém.

Nesse texto São Paulo esclarece que de todos os seus Discípulos, poucos estiveram com ele até o fim, muitos abandonaram na hora (H), porém eles deveriam ter sido Batizados, mas não concluíram a sua ressurreição, pois não perseveraram até o FIM. Voltamos a lembrar que para conquistar o seu trono do Reino dos Céus e ser imune ao Juizo, você precisa tomar posse da Primeira ressurreição (Batismo) e ser testemunha de Jesus Cristo até o FIM.

Mateus 24:

22. Sereis odiados de todos por causa de meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.

Esses Discípulos não concluíram a sua primeira ressurreição, e terão ainda que esperar a volta de Jesus Cristo para passar pelo julgamento final.

Por esse motivo que alguns Reinam com Jesus Cristo em seu Reino Milenar e recebem o poder de julgar, são imunes ao Juízo e já estão justificados como sacerdotes eterno.

Outros terão ainda que esperar a volta de Jesus Cristo depois do Reino Milenar para assim passar pelo julgamento e ganhar a vida eterna.

Meus irmãos, o Apocalipse é um livro de revelação, porém revelando o que aconteceu naquele momento em que o livro fora escrito, por isso hoje esse livro se tornou um sinal de exemplos a ser seguido e esperança aos Cristãos, o Apocalipse nos mostra que por mais que sejamos perseguidos, odiados, maltratados e martirizados o nosso galardão é o Reino dos Céus, aqui estamos apenas como estrangeiros e peregrinados exilados nesse corpo material, devemos agir como esses Cristãos do primeiro século que não deixaram de morrer em nome de Jesus Cristo, pois tiveram a certeza que estariam no Reino dos Céus logo após o seu martírio.

Filipenses 1:

23. Sinto-me pressionado dos dois lados: por uma parte, desejaria desprender-me para estar com Cristo - o que seria imensamente melhor;     

Autor: Cris Macabeus.